Beija-flor

Beija-flor

 

Caminhando pela mata

Ouvindo da cascata

Ao longe, o borbulhar

As borboletas

Brancas e pretas

A esvoaçar

O passarinho

Alegre no ninho

Desfiava o seu cantar

Eis que de repente

Rapidamente

O beija-flor aparece

Altivo guerreiro

Arrebata ligeiro

O mel que o aquece.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s