Flor roxinha

Flor roxinha

 

Oh! Flor roxinha

Frágil, pequenina

Escondida entre as folhas

Quisera estar a teu lado

Com braços entrelaçados

Para melhor te admirar

E com amizade

Juntas para sempre

Na eternidade

Definitivamente estar.

Anúncios

A saudades dói

A saudades dói

 

Noite serena

O belo luar

Ilumina o orvalho

Na folha a brilhar

 

Amanhece o dia

O pássaro a cantar

Melodia suave

Nos faz meditar

 

Na pessoa amada

Nas coisas belas

Nos dias felizes

Nas noites de estrelas

 

No amor, na vida

Numa grande amizade

De repente sem avisar

Chega doída a saudades

Trovas V

Trovas V

 

A felicidade é apenas

É uma visita apressada

Chega e de repente

Parte sem dizer nada

……………………………………………….

Não te ofereço rosas

Porque têm espinho

Mas te ofereço amizade

Com muito amor e carinho

……………………………………………….

Queria ser o vento

Para em teu ouvido dizer

Passou muito tempo

Sem meus olhos te ver

……………………………………………….

Vejo-te em pensamento

A toda hora, a cada segundo

Ninguém segura o pensamento

Ele vai até o fim do mundo

……………………………………………….

A árvore da vida

A árvore da vida

 

A árvore,

É como a gente

Que, de repente

Cresce e amadurece

Sem a gente sentir

Tudo parece se unir

O tronco é o coração

Que nos dá inspiração

Os galhos são a inteligência

Nos dá competência

As folhas, os ramos

São o que pensamos

O que vamos fazer

E que futuro vamos ter

As flores são a primavera

Que dá cor a vida

Que faz rejuvenescer

Os frutos, nós os colhemos:

Amor, amizade

E a solidariedade

Que aos outros devemos oferecer

A raiz é a força

A vontade de viver

Que nos faz amar a terra

Independente da era

Sem pensar em morrer

 

Assim a nossa vida

De manhã ao anoitecer

Será estrada florida

Da infância ao envelhecer

Sonhar

Sonhar

 

Sonhar é bom

Sonhar é viver

O mundo da ilusão

Como nos dá prazer

 

Tudo o que passa

Longe ou perto de nós

São belas mentiras

Tudo é sonho veloz

 

Pensamos que os anos

Demoram a passar

Também o tempo é sonho

Passa sem se notar

 

Amor e amizade

Vêm de sonhos profundos

São dádivas das mais belas

Pra compensar este  mundo

 

O maior sonho da vida

É esperar… esperar…

Que nunca se acabe na lida

A grande ilusão de amar