Tempo e vento

Tempo e vento

 

Um dia o tempo

Uniu-se ao vento

Ninguém os via

… mas sentia

buscam o norte

o tempo passava

e o homem deixava

mais perto da morte

o vento soprava

ora fraco, ora forte

e nos deixava

mais perto da morte

passou o tempo

e também o vento

e a morte chegou

 

o tempo permanece

e o vento não fenece

e eu vou

Anúncios

Sofrer à toa

Sofrer à toa

 

Passo a passo

Controlando o cansaço

Sinto-me enfraquecer

Mas ao meu redor

Nem tudo é dor

Quero viver

Controlando o passo

Sinto o mormaço

Torno a enfraquecer

Vem a lembrança

Traz a esperança

E o sobreviver

Passam os anos

Vem os desenganos

E me fazem sofrer

 

Mas se a vida é boa

O sofrer é  à toa

Pra quem sabe viver