Prefácio

Prefácio

 

“MARIA MAGDALENA 93” atende ao objetivo de oferecer aos amigos da autora mensagens elaboradas durante boa parte de sua vida. Longe está – pois essa não é a preocupação – de responder aos ditames técnicos da arte de fazer versos ou de enquadrar-se ao rigor da gramática da nossa rica língua portuguesa. Com certeza, essas posturas trariam perdas graves ao lirismo a que essa obra está comprometida.

 

Apesar da autora ter vivido a maior parte do tempo em ambiente urbano, os valores do campo se fazem constantemente presentes (até repetitivamente) no vocabulário e nas figuras de linguagem de suas poesias que se deixam embalar pelas asas da emoção expondo sentimentos ligados à sua realidade, através de murmúrios, acalantos, gritos de guerra, reflexões éticas… resultantes da vivência dos seus 93 anos.

 

A autora tem orgulho desta obra e, ao completar 93 anos de idade, deseja que as mensagens nela contida fiquem registradas, pois cada uma nada mais é que a ferramenta de uma emoção real, intensamente vivida, e que nem sempre foi possível ser expressada à época do acontecimento. Na grande maioria, tais mensagens são mesuras oferecidas às pessoas amadas, protagonistas do dia-a-dia da autora, no qual as mais contempladas são as crianças, principalmente os netos.

 

Ana Valentina