Resto de pó

Resto de pó

 

Batem as horas

Os minutos passam

Correm os segundos

Ninguém percebe

O tempo se vai

Neste globo terrestre

 

Tudo se foi

Alegria e dores

Perfume e flores

Estamos sós

 

Será que quando jovem

Julgaria ser

A vida assim?

 

Tudo passou

Estou só

Tudo terminou

Num resto de pó

Anúncios

Um paraíso

Um paraíso

 

Cristo nasceu

Para alegrar o mundo

Cooperemos com Ele

Dias, horas, segundos

Nos momentos tristes

E nos tristes também

Porque não existe

Vida sem dor

Seja hoje ou amanhã

Iremos para o além

Para encontrarmos

Jesus de Belém

Vivamos o presente

Alegres e contentes

Sempre com sorriso

Assim a Terra será

Um paraíso