Trovas V

Trovas V

 

A felicidade é apenas

É uma visita apressada

Chega e de repente

Parte sem dizer nada

……………………………………………….

Não te ofereço rosas

Porque têm espinho

Mas te ofereço amizade

Com muito amor e carinho

……………………………………………….

Queria ser o vento

Para em teu ouvido dizer

Passou muito tempo

Sem meus olhos te ver

……………………………………………….

Vejo-te em pensamento

A toda hora, a cada segundo

Ninguém segura o pensamento

Ele vai até o fim do mundo

……………………………………………….

Anúncios

Sou cego

Sou cego

 

Será cedo ou tarde

Já clareou? Ainda está escuro

Não vejo… Por quê?

Porque estou cego.

Cegueira de olho aberto

Estou certo

Que não vejo ninguém

Só vejo a mim

Esse eu egoísta

– o eu artista –

Orgulhoso, individualista

Abre-te alma!

E, com calma

Veja ao teu lado

A luz que ilumina

A verde campina

E o sol para todos a brilhar